PELOS ENCRAVADOS – Acabe com eles!

Em um dia comum, quando você olha de repente aparece um tão indesejado pelo encravado, também conhecido como foliculite. Ao contrário do que muita gente pensa, não só as mulheres, mas os homens também sofrem com esse problema, principalmente no tórax e barba. Nas mulheres, aparecem normalmente na axila, virilha e pernas, pois nessas regiões os pelos ficam enfraquecidos pela depilação e não conseguem romper a pele para sair. Isso faz com que as bactérias se infiltrem onde o pelo nasce, o que pode dar origem à inflamação e surgimento de bolinhas na pele.

1

Os pelos tornam-se encravados quando crescem através da região que foi depilada, e não por meio do folículo piloso, eles crescem mas não conseguem passar pela pele. Quando são raspados, depilados ou arrancados de forma errada, criam uma porta de entrada para bactérias. A falta de hidratação da região e a própria espessura da pele também influenciam no surgimento dos mesmos.

Para evitar esse problema, o ideal é fazer ao menos uma vez ao mês uma esfoliação na pele, para desobstruir os poros. Uma receita caseira que pode ser utilizada antes e depois da depilação para afinar e hidratar a pele é uma mistura de uma colher (de café) de açúcar e a mesma quantidade de óleo de amêndoas que deve ser aplicada na pele.

2

Também existem cremes específicos para esta finalidade, como os antissépticos tópicos e as pomadas.  Se você for retirar os pelos com uma pinça, aplique no local um gel a base de Aloe Vera, que tem propriedade antisséptica.

Para saber qual a forma de depilação ideal para você, consulte um dermatologista.

3

O método de depilação com lâmina é o mais barato de todos, porém somente corta o pelo e não o elimina pela raiz. É preciso cuidado para não usar a mesma lâmina por muito tempo, pois assim aumenta o risco de infecção.

4

A cera quente ou fria deixa os pelos mais finos, isso faz com que eles tenham dificuldade em abrir caminho para crescer e assim se enrolam dentro da pele, dando origem à pelos encravados. Mas se você não quer abrir mão da depilação, faça uma esfoliação na pele três dias antes e depois uma vez por semana.

5

A depilação a laser tem um custo maior, mas elimina definitivamente o pelo e cura a foliculite crônica. Ela também estimula o colágeno da pele, fazendo com que fique mais lisa e macia. Mas quem utiliza essa técnica de depilação não pode se expor ao sol por, pelo menos, 15 dias.

Só lembrando que sempre é necessário procurar um médico dermatologista!

Deixe uma resposta