Usar salto com frequência pode causar danos

Quem diz que jamais desce do salto e literalmente vive em cima dele, deve tomar muito cuidado. Especialistas alertam que o uso frequente de sapatos com salto causam sérios problemas na coluna vertebral, nos pés e articulações. E quanto mais alto e fino o salto, maior o problema. Usar todo santo dia o saltinho básico é quase um crime. Tudo isso porque o salto alto altera a posição de equilíbrio do corpo, provocando uma mudança no centro de gravidade. Isso ocasiona uma sobrecarga na coluna lombar e prejudica as articulações. Segundo o quiropraxista australiano, Jason Gilbert, o salto faz com que as mulheres tenham de andar se equilibrando e essa falta de estabilidade prejudica a coluna. Dores na região lombar e de cabeça geralmente são os primeiros sinais de que algo não anda bem. Deformidades nos pés é outro preço que quem não abre mão desse acessório paga, assim como dores no calcanhar, na panturrilha, conhecida popularmente como batata da perna, e as dores no tão temido nervo ciático. “O uso frequente de salto alto deixa os glúteos contraídos e isso prejudica o nervo ciático que fatalmente irá reclamar. A batata da perna também se queixará, pois há um encurtamento do nervo devido a posição de elevação que o salto proporciona. Esse encurtamento prejudica a circulação nessa região e pode provocar inchaços nas pernas e pés”, revela o especialista. O profissional fez um levantamento apontando os piores tipos de salto. Veja abaixo as dicas.

Agulha: Fuja dele! Apesar de elegantérrimo não apresenta conforto e estabilidade para seus pés. É um dos modelos que mais ocasiona deformidade nos pés e causa torções;
Anabela: Não é tão elegante como os outros, mas dependendo da ocasião pode quebrar um galho. A planta dos pés fica mais estável e distribui melhor a pressão que o pé. Mas tome cuidado, pois é um dos que mais ocasionam torções nos tornozelos;
Bico fino e salto fino: Assim como o salto agulha prejudica os pés, articulações e o tornozelo. Por ter o bico fino deixa os dedos apertadíssimos e é propício a deixar deformidades;
Salto Médio: Um pouco mais confortável que os citados anteriormente, porém esses modelos prejudicam da mesma forma. Caso a situação exija um salto mais elegante opte por ele e deixe os mais finos de lado;
Salto Quadrado: Nem tão santo e nem tão vilão. Esse tipo de salto proporciona maior equilíbrio e cansa bem menos as pernas. Opte por bicos quadrados e não pelos bicudos. O quadrado deixará seus dedos mais confortáveis;
Salto Meia Pata: Não se deixe enganar por ele. Lindo e mais confortável que os saltos finos, oferecem os mesmos riscos. Ele é só um pouquinho mais confortável e oferece um pouco mais de estabilidade na hora de andar;
Tênis com salto: Se esse salto não ultrapassar os 3 cm pode ser usado normalmente, dessa forma não prejudicará a saúde de ninguém;

Dicas:

Rodízio: Faça um rodízio de sapatos e alterne os tipos de saltos que você tem em seu guarda-roupa;
Descanso: Pelo menos duas vezes por semana opte por sapatos baixos:
Troque: Quando estiver em ocasiões que não exigem o uso do salto coloque uma sapatilha, um chinelinho e dê descanso aos seus pés;
Fuja dos 5 cm: Evite usar saltos que ultrapassem 5 cm. Os mais indicados são os de 3 cm;
Sapatilhas perigosas: Cuidado com as sapatilhas, pois elas também podem provocar dores. Opte por sapatilhas que apresentam solado emborrachado, pois o impacto com o chão será menor.
Radicalismo: Caso queira mudar seus hábitos e escantear o salto alto, faço isso de forma gradativa. Lembre-se que você usou salto durante algum tempo e provavelmente você apresenta encurtamento de tendões e músculos e o uso de sapato sem salto provocará o alongamento desse músculo;

Apresentação:
Jason Gilbert nasceu e se formou em Sydney (Austrália). Bacharel em Ciências Médicas e mestre em Quiropraxia, Jason tem clínicas na cidade de São Paulo (Vila Olímpia, Tatuapé, Av. Paulista, Santana, Chácara Santo Antônio), no Rio de Janeiro e em Lima, no Peru. É também autor do livro “O Segredo da Coluna Saudável”, lançado pela Editora Gaia.

 

Fonte: http://www.vidasaudeebeleza.com.br/saude-bem-estar/uso-frequente-de-sapatos-com-salto-causam-serios-problemas/

Deixe uma resposta